Dicas Comida Saudável

Dicas

Programa Avante – 2013

Temperos do bem

Publicado em: 07/08/2013

Comida saudável é comida sem graça? Não! Acrescentando ervas e condimentos aos seus pratos, como coentro, curry, pimenta, manjericão e cebolinha, é possível reduzir a gordura e o sal dos temperos e aumentar o sabor.

Gorduras saturadas? Como diminuir?

Publicado em: 02/08/2013
Diminuir a quantidade de gordura saturada é simples, basta lembrar que ela está presente em produtos de origem animal, além dos feitos com gordura de coco ou óleo de dendê. Por isso, observar a quantidade de gordura saturada, preferir leite desnatado e retirar a gordura da carne e a pele das aves antes de prepará-los é sempre aconselhável.

Que tal uma Sopa de Feijão com couve no seu cardápio?

Publicado em: 22/07/2013

por Nutra e Viva

Ingredientes:
600g de feijão
2L de água
1 cebola grande
1 tomate grande
1 ramo de cheiro verde
½ couve manteiga
Azeite
Sal moderadamente

Preparação: 15 minutos mais o tempo de remolho do feijão

Confecção: 1 hora e 15 minutos

Receita para: 6-8 pessoas

Faça o remolho do feijão. Escorra-o e deite-o num tacho ou na panela de pressão (15-20 minutos) e junte sal e água fria a cobrir.

Escorra o feijão cozido e reserve.  Pique grosseiramente a cebola. Retire a pele e as sementes ao tomate e corte-o aos pedaços. Quando levantar fervura, junte a cebola, o ramo de cheiros e o tomate.

Quando a cebola estiver quase cozida, junte as folhas de couve aos pedaços e o feijão. Deixe cozer durante mais alguns minutos, adicione o azeite e retire o ramo de cheiros. Tempere com sal. Deixe apurar e sirva bem quente.

Se gostar da base da sopa menos líquida, retire uma ou duas conchas de líquido e de feijão e triture até obter um puré. Misture este puré na sopa quando os legumes estiverem cozidos e deixe apurar durante alguns minutos.

Aprecie e aproveite essa sopa rica em bons nutrientes.

Preparo saudável

Publicado em: 20/07/2013

Quando a carne é cozida, sempre preserve o caldo, pois ele fica cheio de vitaminas e minerais. Métodos de cozimento lento que usam líquidos para manter a carne úmida são excelentes para cortes mais baratos.

A carne cozida deve ser cortada em pedaços menores e ficar totalmente coberta pelo líquido. Já nos ensopados usa-se menos líquido com a carne fatiada ou inteira.

1. Cubra os pedaços de carne com água, caldo, vinho ou outro líquido. Para uma peça inteira, acrescente líquido até 1/3 da carne.

2. Durante o cozimento, não deixe a carne secar e adicione mais líquido à panela, se necessário.

3. Acrescente ervas, temperos e vegetais em cubos cerca de 45 minutos antes do final do cozimento, para que continuem firmes.

E está pronto uma carne cozida e um caldo cheio de nutriente

Mais sabor à mesa

Publicado em: 20/07/2013

A alta temperatura do forno deixa a carne sequinha e saborosa. Cortes de carnes com osso que possuem uma capa de gordura, como costelas ou contra filé, ou até mesmo lagarto inteiro, precisam de mais tempo de cozimento do que carnes desossadas.

Para assar a carne, comece com o forno a 220 °C por 25 minutos para dourar, depois asse a 190 °C por 20 minutos para cada 450g de carne para obter a carne ao ponto.

Como prepará-la?

1.Coloque a carne em uma assadeira com o lado da gordura para cima. Se for magra, pincele com óleo ou manteiga. Leve a assadeira ao forno.

2. Depois de assar, passe a carne para uma tábua, cubra com papel alumínio e deixe descansar por 15-30 minutos. Passe uma faca entre as costelas e a carne para separá-las.

3. Descarte os ossos e coloque a gordura da carne para cima. Corte para baixo, contra a fibra, em fatias finas. Segure com um garfo grande ao cortar em direção a sua mão. Para uma carne ainda mais saborosa você pode usar e abusar de especiarias como alecrim e manjericão.

Peixes mais saborosos e saudáveis

Publicado em: 18/07/2013

Peixes mais saborosos e saudáveis

Cozinhar o peixe no papelote ou no papel aluminio é um método de cozimento delicado para os filés de peixe.

Pode usar o papel-manteiga também. Os filés  ficam muito saborosos preparados assim, e você ainda pode colocar legumes junto.

Como preparar?

Tempere os filés com ervas e fundo de peixe, coloque os legumes de sua escolha e embale.

Feche bem o papelote para manter todo o sabor e o vapor. Leve ao forno a 240ºC por 15 min e está proto seu Peixe no Papellote.

Que tal?

Que tal Escalope de Frango para o almoço?

Publicado em: 15/07/2013
O frango pode ser usado para escalope, cobertos com farinha de rosca, assados ou recheados. Pode ser usado a carne do peito ou da coxa, sem pele e desossada.

Como preparar:  
1. Coloque a carne entre dois pedaços de filme de PVC e com o rolo de massa, amasse até que fique com uma espessura uniforme.

2. Tempere a carne a gosto, com especiarias, ervas e sal.

3.Bata 1 ou 2 ovos e passe os escalopes temperados no ovo, deixe escorrer o excesso.

4. Depois passe os dois lados dos escalopes na farinha de rosca, pressionando para cobrir bem.

5. Em uma assadeira coloque os escalopes e deixe dourar, podendo virar os lados.

Por que deixar os feijões de molho?

 Por que deixar os feijões de molho?

Deixar os feijões de molho por um período de 6 a 8 horas diminui a chance de seu consumo produzir gases intestinais. Use duas  Use duas xícaras de água fria para cada xícara de feijão escolhido e lavado.

Variando o cardápio

Publicado em: 07/05/2013

Que tal variar o seu cardápio? Um exemplo pode ser com as batatas! Se cortadas bem fininhas e levadas ao forno, ficam mais sequinhas e crocantes.

Corte as batatas bem finas, coloque-as em uma assadeira e leve ao forno até ficarem douradas. Sugestão: Você pode colocar azeite, sal e alecrim que darão um sabor especial

Mais uma troca inteligente

Publicado em: 05/05/2013

Substituir o queijo parmesão por farinha de rosca em preparações gratinadas agrega mais crocância e sabor em suas preparações. Você pode usar também como alternativas aveia, gergelim e flocos de quinua. Que tal?

Frituras: Qual a técnica correta?

Publicado em: 02/05/2013
Que tal uma refeição mais segura para seus clientes? Para uma fritura adequada escolha a gordura correta! Prefira óleos vegetais como: soja, milho ou girassol.

Uma boa fritura não pode ter: manchas escuras, pontos pretos ou partes não cozidas no interior. Fique atento!

De olho na quantidade!

Publicado em: 29/04/2013

Atenção às frituras! Excesso de alimentos na panela baixa rapidamente a temperatura e aumenta a taxa de absorção de óleo pelo alimento, além de elevar o tempo de preparo.

Uma boa dica

Publicado em: 26/04/2013

Varie entre os tipos de óleo zelando pela qualidade do seu cardápio. Uma boa dica: Como a composição dos óleos não é a mesma, para ter boas fontes de ácidos graxos ômega – 6 e ômega -3, alternar o óleo de soja com outro de outras fontes: milho,  girassol ou amendoim é uma boa estratégia!

Anote com carinho

Publicado em: 20/04/2013

Que tal mais qualidade no preparo das suas receitas? Para refogar e temperar alimentos que vão ao fogo prefira os óleos de  soja, milho, girassol e amendoim.

Azeites: Quando utilizar?

Publicado em: 10/04/2013

Para temperar saladas e finalizar preparações opte pelos azeites (virgem ou extra virgem). Aquecer o azeite? Nem pensar!

Ovo ou ovo e farinha? Como empanar os legumes?

Publicado em: 02/04/2013

Simples e fácil de lembrar! Para empanar legumes que são alimentos que possuem grande quantidade de água na sua composição, passe-os no ovo e farinha, assim o legumes absorve menos óleo da fritura.

Inovar

Publicado em: 28/03/2013

Que tal inovar a ilha de molhos do seu restaurante? Agregando mais valor aos molhos: MENOS gordura, MENOS valor energético e MAIS saúde. Substitua o creme de leite e a maionese por versões mais light como a mistura de queijo cottage com iogurte natural desnatado.

Tomates recheados: prático e saboroso

Publicado em: 24/11/2012

Veja como é fácil:

1 – Corte a tampa do tomate, retire as sementes.

2 – Faça um refogadinho com cebola, alho, cubos de tomates e manjericão.

3 – Deixe esfriar, acrescente ricota ralada.

4 – Recheio tomate, finalize com lasquinhas de parmesão e leve ao forno.

Minutinhos depois deguste com um grelhadinho.


Que tal?

Aproveite: vitamina C, licopeno e sabor genuíno da terra.

Carpaccio de Berinjelas para inovar o menu da semana

Publicado em: 21/11/2012

Simples e gostoso!

1- Lave e corte a berinjela bem fininha
com a casca.

2 – Doure rapidamente em uma frigideira
anti aderente.

3 – Pegue um tomate, tire a pele e corte
em cubos.

4 – Disponha no prato os anéis da berinjela e em seguida cubra com os cubinhos de tomate.

5 – Prepare um molhinho com azeite, vinagre balsâmico, pouco sal, manjericão e uma pitada de mostarda.
Disponha no carpaccio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s