Rascunho

<div id=”fb-root”></div> <script>(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1″; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs); }(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));</script>
<div data-href=”https://www.facebook.com/admiravelmundonovosustentavel/posts/550441968370901&#8243; data-width=”550″><div><a href=”https://www.facebook.com/admiravelmundonovosustentavel/posts/550441968370901″>Publicação</a&gt; by <a href=”https://www.facebook.com/admiravelmundonovosustentavel”>Admirável Mundo Novo Sustentável</a>.</div></div>

jan1993/Creative Commons

Que tal uma competição saudável para incentivar mudanças de hábito? Moradores de 90 casas residenciais da cidade de São Roque, no interior de São Paulo, viveram na pele essa experiência. Eles se inscreverem para participar da Disputa de Casas*, iniciativa que desafia a população a economizar água.

Promovida pela Sagarana Comunicação, em parceria com a Sabesp, a brincadeira
convidou os são-roquenses a poupar a maior quantidade possível de água, durante os meses de julho e agosto. Quem conseguisse diminuir a média de consumo do recurso na residência, ganhava a competição.

Muita gente saiu vitorioso: 81% dos participantes reduziram a pegada hídrica de suas casas, em comparação com o ano anterior. Juntos, eles conseguiram economizar 780 mil litros de água – quantidade suficiente para suprir o consumo das 90 residências por 2,5 anos, de acordo com os organizadores da brincadeira.

A moradora Sandra Rita Tagliassachi foi a que mais economizou água em casa – e, consequentemente, dinheiro -, sendo a primeira colocada da competição. Ela conseguiu reduzir em 74% seu consumo hídrico nos meses de julho e agosto.

Mas o melhor é que todos os são-roquenses terminaram a Disputa de Casas muito mais conscientes a respeito da importância de economizar água e determinados a adotar, definitivamente, os novos hábitos de consumo. Isso porque durante toda a brincadeira, os participantes passaram por um processo de reeducação, que incluiu eventos educativos, como worshops, e a entrega de cartilhas motivacionais.

Em 2012, moradores e funcionários de prédios do bairro de Moema, em São Paulo, passaram por uma experiência parecida: a Disputa de Condomínios, que conseguiu economizar 2 milhões de litros de água. Para 2014, os planos são levar a Disputa de Casas para a capital paulista e, ainda, lançar a Disputa de Colégios.

Que tal uma competição saudável para incentivar mudanças de hábito? Moradores de 90 casas residenciais da cidade de São Roque, no interior de São Paulo, viveram na pele essa experiência. Eles se inscreverem para participar da Disputa de Casas*, iniciativa que desafia a população a economizar água.

Promovida pela Sagarana Comunicação, em parceria com a Sabesp, a brincadeira
convidou os são-roquenses a poupar a maior quantidade possível de água, durante os meses de julho e agosto. Quem conseguisse diminuir a média de consumo do recurso na residência, ganhava a competição.

Muita gente saiu vitorioso: 81% dos participantes reduziram a pegada hídrica de suas casas, em comparação com o ano anterior. Juntos, eles conseguiram economizar 780 mil litros de água – quantidade suficiente para suprir o consumo das 90 residências por 2,5 anos, de acordo com os organizadores da brincadeira.

A moradora Sandra Rita Tagliassachi foi a que mais economizou água em casa – e, consequentemente, dinheiro -, sendo a primeira colocada da competição. Ela conseguiu reduzir em 74% seu consumo hídrico nos meses de julho e agosto.

Mas o melhor é que todos os são-roquenses terminaram a Disputa de Casas muito mais conscientes a respeito da importância de economizar água e determinados a adotar, definitivamente, os novos hábitos de consumo. Isso porque durante toda a brincadeira, os participantes passaram por um processo de reeducação, que incluiu eventos educativos, como worshops, e a entrega de cartilhas motivacionais.

Em 2012, moradores e funcionários de prédios do bairro de Moema, em São Paulo, passaram por uma experiência parecida: a Disputa de Condomínios, que conseguiu economizar 2 milhões de litros de água. Para 2014, os planos são levar a Disputa de Casas para a capital paulista e, ainda, lançar a Disputa de Colégio

Leia também

12/2012 – Água: a escassez na abundância

11/2012 – De cada 100 l de água, 36 se perdem até chegar na sua casa

03/2012 – APP Fake Shower incentiva economia de água

04/2012 – 2013: Ano Internacional da Cooperação pela Água

03/2012 – Especial Água: essencial e cada vez mais rara

01/2010 – Infográfico: quanto se gasta de água por dia?

Leia também

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s